PAUSA PARA UM DEVANEIO...


As horas passam rápidas...As ocupações são inúmeras...Em meio a tudo isso, você vem de mansinho preencher meus pensamentos. Uma saudade estranha toma conta de tudo dentro de mim. Vontade do seu cheiro. Sede do seu beijo. Ânsia do seu abraço. Saudade do seu corpo colado ao meu... Pensamentos loucos passeiam em minha mente, enquanto dedilho no teclado,  os textos do programa. Minha concentração é grande, mas maior que ela é essa saudade insistente que se agiganta, em cada instante. Uma vontade de ligar, ouvir sua voz e chamar você para sentir o pulsar do meu coração.  Não posso. Contenho minha ansiedade. Uma música quem sabe? Algo para acalentar esse peito que grita por você. Não quero ficar triste. Não posso. Afinal, tristeza porquê? Se tudo que neste momento estou sentindo é saudades de você? Uma saudade boa de nós dois. Escolho ouvir Nato  Aguiar  e uma canção  para acalmar meu coração, “ onde andará o meu amor” é a primeira canção, depois vem saigon, cigarra, êxtase  etc. Apenas muda de música, mas a saudade de você continua... A tarde se segue enquanto continuo pensando em você. Troco de música, de  intérprete, e a saudade só aumenta. Agora escuto Jana Figarella. Ela canta “ Lugares proibidos”... e leva-me a mais profunda saudade. “ Adoro surpresas sem data...Chega mais cedo e eu finjo que não esperava...” Na verdade, nem me importo se vens cedo ou tarde.  Só quero que venhas. E possa   amenizar essa saudade,  que me consome. Não sei onde você está. Meus pensamentos viajam na imaginação e nela sinto seu  perfume invadindo meu ar, remexendo minha inspiração. E continuo com saudade...Enquanto Jana Figarella insiste: “ Só pode ser castigo você morar aqui e eu lá...”( ou vice versa)Ficar longe de você só pode ser castigo, mesmoooo (Égua saudade dói). E a tarde segue. Deixo Jana ir e convido  Sebastião Tapajós com  Jane Duboc ... e minha loucura segue lutando em silêncio com  “ Tempo e destino”... e viajo ainda mais nessa saudade “ desse amor que não me sai...”  .De repente... Zé  Maria , aparece  cantando...  “ Já não pertence a mim, minha vontade. Não raciocino de tanta saudade... e em tudo que olho vejo-te meu anjo...”  e o tempo vai passando, deixando meu coração cada vez mais cheio de saudade... Saudades de você, meu amor. E a música segue: “ perdoa amor essa saudade estranha...”

Saudade, amor... de você!!!

 

Socorro Carvalho

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!