domingo, fevereiro 17, 2013

ESPERA...


Na paisagem,
 A ausência de sua imagem  é saudade.
Vazio ímpar, tudo está sem nexo.
Sobre a mesa  o arranjo solitário é  espera.
O olhar fita o horizonte e se perde na solidão...
Faltam seus olhos, a beleza do seu olhar.
O cenário é estranho , vazio.
Falta a  candura do seu sorriso para inspirar.
Solitária poeta, ao longe,  vê o rio que passa...
Sem trazer você  no remanso,
As rimas  se calam na companhia da  tímida inspiração.
Versos, poética , métrica?
Saudade de você.
Sobre  a mesa o arranjo florido...
Contrasta-se com os pensamentos tristes,
Solitária imagem , ânsia do encontro
Indiferente  a essa fria ausência 
Meus ouvidos  concentrados  
Buscam o  som de seus passos...
Nesse silêncio  sem fim,
Impaciente  espera...
Sem você aqui.


Socorro Carvalho


Foto: Ádrio Denner ( fotógrafo santareno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...