domingo, julho 07, 2013

POR DEBAIXO DO MEU SORRISO...


Sob meu sorriso escondo ruídos tristes,
Que mascaro  com a alegria...
Amo o silêncio das minhas dúvidas.
Contraste de minhas certezas.
Os ruídos da ignorância me confundem os ouvidos.
Tapo-os, tento fugir.
Não posso mais...
Preciso permanecer aqui.
Em cada palavra um não crer.
Atônita e quase perdida,   nem sei mais o que dizer.
Tenho sofrido.
Esse pensar demais, esse sentir demais.
Atrapalha meu  bom senso e a sensatez verdadeira do agir.
Culpo-me, pelo que jamais deveria.
E nessa luta constante...
Sinto-me inertizar em cada instante.
Será esse o preço do "progresso"?
Indagações incertas me confundem as certezas.
E no espelho já vejo meu rosto cansado, meu sorriso triste...
E de repente,  sinto uma força estranha saindo de mim.
O corpo sinaliza e traz o cansaço numa confusão de sensações.
E apesar de tudo isso...
Preciso seguir, dar rumo ao meu viver.
Falei quando deveria, calei quando foi necessário.
Não posso me condenar.
Porém, é difícil conviver com essa insanidade nua e crua,
E esse  cinismo desmedido.
Preciso me libertar dessa culpa inexistente.
Meus olhos estão cansados.
Meu rosto está pálido e quase irreconhecível...
O sorriso  apenas esconde um forte cansaço em meu rosto
E em meu corpo quase desfalecido.
Deus me conduza, me proteja e me dê saúde e forças.
E que eu tenha coragem suficiente para apesar de tudo...
Encarar, vencer as lutas e desafios impostos pela vida.
Afinal de contas
Creio que sempre após cada noite escura
Tem sempre um novo dia com um sol radiante...
Sob o meu sorriso
Guardo minhas lutas e certezas.
Enfim,
Amanhã será um novo dia.


Socorro Carvalho


SAUDADES DE VOCÊ...

O  verso de outrora,
Hoje faz parte da poética esquecida.
A distância , o silêncio,
Estampam-se como miragem de sua imagem, dentro do coração.
O olhar perdido é procura sem fim.
A paisagem sem vida, já não tem mais o brilho do seu olhar.
O universo nublado procura os raios do seu sorriso,  que se perderam no tempo.
As horas passam, enquanto o coração triste palpita a sua procura.
O corpo carente grita na ausência da ousadia de suas mãos .
O verso está triste, perdido em meio a solidão dos seus beijos.
Camões sussurra que: “ o amor é fogo que arde sem se ver”.
Enquanto cá no peito uma chama arde e não se apaga.
Na sua  ausência fica triste a inspiração.
O timbre da sua voz era  sinfonia no ar.
Porém, a orquestra está calada, nesse vazio infindo.
As cifras da canção  perderam a harmonia e a música perdeu o tom, o som, o ritmo.
Enquanto no peito,  uma inquietação se apodera  do silêncio.
Deixando-me uma sonora solidão no olhar.
Ah, coração teimoso!
Tenta se acalmar...
Aquieta essa tempestade.
Agasalha essa ansiedade, que  tanto teima em morar cá dentro do peito...
Esse sentir assim , sei lá,  não sei o quê...
Que aflige e maltrata  essa  razão.
Enche de emoção cada pensamento insano
Contido nessa vontade louca de ver você...
Um sentir que vem mansinho,
Aloja-se no meu "vagabundo" coração ...
Amor na contra mão...
Pecado.
 Ilusão.
Contrição?
Não.
 Inspiração...
Saudades de você.


Socorro Carvalho

PE. AURICÉLIO PAULINO - NOVO DIRETOR DA RÁDIO RURAL

Pe. Auricèlio Paulino

Na Missa em Ação de Graças pelos 49 anos da Rádio Rural de Santarém , realizada na sexta feira (05), Pe. Edilberto Sena  fez o anuncio de sua saída da Direção da emissora.  

Ainda na Missa, o Bispo de Santarém  Dom Flávio Giovenale anunciou o nome do novo diretor que ocupará o cargo de  Diretor da Rádio.

O novo diretor escolhido e que deverá assumir, em breve, o cargo  é Pe. Auricélio Paulino, atualmente desenvolvendo os serviços pastorais, na Paróquia de Santo Antonio,  em Belterra.

Após fazer o comunicado,  Dom Flávio agradeceu o trabalho de pe. Edilberto e também pediu a todos os funcionários da emissora que  continuem seus trabalhos e  ajudem ao novo diretor na condução dos trabalhos a frente do veiculo de comunicação. 

O momento do comunicado de Pe. Edil foi marcado por emoção. De repente,   percebemos  o quanto nos apegamos as pessoas e na expressão de cada  funcionário um resquício de saudade.
No entanto, entende-se que a vida é assim mesmo repleta de mudanças e todos nós precisamos estar preparados para quando elas venham ocorrer.

Ao Pe. Auricélio Paulino votos de sucesso e perseverança para encarar esse novo desafio. E que Deus abençoe  tanto os novos caminhos  de Pe. Edil quanto  a nova jornada de Pe. Auricèlio. 

Socorro Carvalho



Postagens em destaque

Em entrevista, o Poeta e Compositor santareno Renisson Luis Vasconcelos fala de sua arte e do amor que tem por Nossa Senhora da Conceição

Estamos na semana que antecede o Círio 2017 de Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Santarém.  Uma semana intensa de preparativos ...