terça-feira, abril 29, 2014

APENAS SAUDADES...

Tenho medo  desses murmúrios loucos,  ruídos estranhos,  que   roubam o silêncio dos meus pensamentos tão  estacionados em você. Acho estranho a agitação  dos dias,  que  se confunde com a calmaria dos seu olhar, refletido suave,  no vento que passa. Tenho receios   dessa  sede insana que  perde-se na sensatez , refugiada no  sabor  ardente do seu beijo. Beijo  que feito fonte de água, mata minha sede. O aroma do seu perfume se confunde com as flores e dentro do meu coração, não tem inverno, nem verão só você  se faz minha doce primavera, aroma de vida,  a perfumar meus poros de inspiração. Apenas saudades... Apenas saudades.


                                                                                                      Socorro Carvalho

3 comentários:

  1. Bom dia Socorro Carvalho!!!

    Um belo testo, uma fria saudade!!!

    Um abraço!

    Maria Machado

    ResponderExcluir
  2. Oi Socorro,como é difícil conviver com o sentimento saudades.
    lindo poetar.
    Bjs amiga e obrigada pela visita e comentário.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Olá Socorro,
    Lindo o seu texto poético. Você escreve bem e com muita sensibilidade. Gostei muito de ler.

    Agradeço sua gentil visita.

    Ótima semana

    Beijo

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...