sexta-feira, agosto 01, 2014

ESTOU FORA DO FACEBOOK...



Conforme a turma contemporânea  fala  “ o facebook é um vício” . Um vício que se torna hábito, muitas vezes, de xeretar, bisbilhotar, procurar e encontrar.  Enfim, após uma boa bisbilhotada realizada, na falta do que fazer, ontem a noite. Após uma longa reflexão oriunda de uma insônia filha da puta que não me deixava dormir, aliada um grande alvoroço de latidos de cães vindos da casa do vizinho. Putz!! O   sono só veio  já na madrugada de hoje. Tanto tempo acordada foi o suficiente para minha decisão de, hoje pela manhã,  excluir minha conta do facebook e dar um tempo na “droga” desse vício.


O facebook é um espaço que sempre usei pra partilhar e compartilhar informações e em especial divulgar os escritos do meu blog. No entanto, ontem a noite resolvi usá-lo para algo diferente e sinceramente, não gostei nada  do que vi. Na verdade, nunca usei para  exibir celulite, fotos mal feitas,  bunda de fora ou algo vulgar do tipo. Afinal esse tipo de apelo não faz parte do meu show. Penso que temos N formas de encantar, seduzir e conquistar fãs e admiradores interessantes. 


Bisbilhotar também nunca tive essa paciência. Só vejo fotos de amigos e se o carregamento for rápido.  Só que ontem, um clique por acaso e um ícone me chamou a atenção. Então, curiosa fui acessando e deixando carregar. Vi cada coisa!!


Diante do que visualizei fiz uma rápida análise e  percebi o quanto postagens expositivas e “chulas”  são apreciadas, curtidas e as donas dos perfis são incluídas  em inúmeros “círculos” de amizade. E cada inclusão devidamente agradecida. Fato curioso e que mais me chamou a atenção.  Nada surpreendente diante da exposição de tantas exibicionistas desesperadas. Mas até bem  admiradas e quem sabe até procuradas pela “ macharada” "sincera" e solta, por ai,  nesse mundo virtual.  


Coisa que já não combina com minha forma de ver a  vida, uma vez que  vejo  de um jeito já mais apurado e amadurecido. Condição que permite  que meus  olhos consigam enxergar além da estética e de um belo peito musculoso e cabeludo. Em meu olhar o que vale, não é o exibicionismo, mas  é a serenidade, a segurança, a inteligência de um homem. Pernas peludas, bundas bem  detalhadas, abdômen de tanquinho já  não roubam  mais  meus encantos. Prefiro outros atrativos mais significativos. Nem sempre a melhor embalagem esconde o melhor produto. Mas isso é o que pensa grande parte das mentes femininas, mentes de  mulheres  inteligentes e com certa experiência de vida. Eu estou nesse grupo e  com "bolo confeitado" de confeitaria já não me encanto mais. Geralmente o bolo de confeitaria é bonito, mas  tem muito glacê para  pouco conteúdo aproveitável. E muita gordura pode dar dor de barriga e até enjoo. (sem comentários) 


Enfim, sem entrar ou me aprofundar no mérito X da questão. Prefiro só justificar que exclui minha conta por tempo indeterminado e se ainda  irei retornar, não sei. Com isso, ganho tempo para novos olhares e leituras sobre a vida, sobre a realidade e tantas outras coisas que preciso enxergar melhor e com uma maior percepção. Com certeza até vai sobrar tempo para aquela  leitura preferida que vem sendo adiada há tempo.

Em resumo... a vida continua e eu não posso me tornar escrava dessa tecnologia que muitas vezes, se permitirmos,  se torna SENHORA  de nós e de nossas vidas. Isso não posso permitir. Então, estou fora... Fora do facebook...E daí? Preciso  de tempo para curtir a essência da vida, olhando olhos nos olhos,   sem face book .

Socorro Carvalho


Um comentário:

  1. Gostei de sua segurança, de sua coragem e de suas palavras.
    Eu nunca estive no face e, pelo jeito, nunca estarei. Parece-me que há muita exposição do ego e muita infantilidade.
    Socorro, beijo e muita paz!

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...