terça-feira, dezembro 02, 2014

CONFUSO SENTIMENTO...


No pensamento, indagações sem respostas, numa ânsia que não consigo explicar. Olho ao meu redor e a inspiração se cala, se omite, silencia... Há em  meu coração um verso inacabado, um sentimento oscilando entre os desvarios da poética.


Reviro lembranças e num vazio de recordações surge uma doce saudade. Saudade de momentos vividos, palavras ditas, frases escritas, sentimentos verdadeiros e paisagens inesquecíveis.


No peito, um coração palpitante  se perde no ritmo acelerado de um pulsar sem concordância. Não há poesia em meu olhar. Apenas rascunhos na lixeira. Enquanto em meu peito um vácuo que já nem sei como  preencher. Em meu olhar, tudo aparece em preto e branco, as cores se perderam num emaranhado de miragens de imagens indefinidas.

Tudo silencia e cada ruído vem atônito como uma explosão de fogos e artifícios. Agonizando os sentidos, outrora, tão sensíveis. O verso calado fica arredio se perdeu da rima. Num completo abandono de gestos escondidos sentimentos  mutilados.  Sobre a mesa da sala está um vaso sem vida, sem flores, sem colorido.

Cá no peito uma inquietação sem medida. Perco-me no tempo. Imersa em recordações navego emoções,  que já não produz banzeiro. E num remanso calmo e lento, meu navegar é  um remar  contra o vento.

No corpo, outrora em chama, descansa um vulcão quase esquecido. Uma chama  sem a alegria da carícia e o calor do desejo. Está simplesmente fria e sem vida. Minha boca,  de tantas balbucias e murmúrios,  já não encontra palavras e a sede de amar se mistura com  a  melancolia.

Ainda há frases a serem ditas,  escritas talvez, mas na amplidão de dizer muito, o silencio já rouba a disposição da voz, e nada mais consigo  dizer. Fecho os olhos e sinto-me transportar na inconstância e  incoerência desse monótono viver ... Confuso sentimento a me enlouquecer.  


Socorro Carvalho 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

AH, ESSE AMOR!! AH, ESSE APEGO...

Ela tinha nos olhos um vislumbrar de esperança e no coração sentimentos inesquecíveis. Nas horas tristes escrevia novos versos. Li...