terça-feira, dezembro 02, 2014

DECIFRA - ME...


Vem encosta teu peito no meu e sente o pulsar do meu coração. Cola teu corpo ao meu num abraço gostoso sem hora para terminar. Vem, não demora. Minha espera é urgente. Preciso te encontrar. Vem ao meu encontro e traz no olhar certezas que perdi. Ando a tua procura. Nos lugares que passo meus olhos  não conseguem te encontrar. Por onde andas? Imagino tua companhia numa tarde especial de domingo ou mesmo num fim de tarde qualquer a contemplar o por sol. Vem ler meus versos e rimar minhas quimeras. Vem encher de loucura meus dias, com os delírios dos teus gemidos sem pressa, sem medo. Minhas mãos ansiosas imaginam tua pele quente entre carícias atrevidas. Quero o dedilhar de tuas mãos descobrindo meus mistérios e em meu corpo te sentir tocar tua canção preferida. Vem na calada da noite ou no ruído do alvorecer, mas vem silenciosamente,  não faça alarde para que eu não me assuste com tua presença enigmática. Abra a porta devagar e vem se aconchegar aqui em meu peito. Não tenha medo, venha  ao meu encontro. Preciso te encontrar, te conhecer. Há tanto tempo tenho te procurado, mas não sei onde estais. Vem. Quero ser teu mistério e tua inesquecível loucura. Não demora. Vem e decifra-me... Antes que minha tentativa de te buscar desista de te  encontrar.


Socorro Carvalho

Um comentário:

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...