segunda-feira, junho 22, 2015

MINHAS SOLIDÕES...

Nessa  mistura de sentimentos há solidões que me confundem. Arredia,  saio em fuga e,  de repente, encontro com meu próprio eu. Numa confusão de sentidos que se manifestam num ir e vir, perturbador. O olhar perdido tem mil e um significados e em cada um deles uma sensação inexplicável. Cá no peito tem um eu que desconheço, uma sequencia de ironias,  que me torna absorta diante desse mundo absurdo. Uma lacuna de inspiração deixa o peito vazio. O universo sem cores rouba a paisagem dos meus pensamentos e tudo se contradiz em meus achados. São tantas procuras, encontros e interrogações. Há uma incoerência no meu sentir. Em meu olhar um contraste de solidões, mesmo em meio a uma aglomeração de inesquecíveis lembranças e o vai e vem de pessoas...

Socorro Carvalho

Um comentário:

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...