sábado, outubro 10, 2015

DESVAIRO DE SAUDADE

Em cada música
Um canto de saudade,
Uma lembrança do teu encanto...
O brilho do teu olhar
Era a claridão dos  dias,
Aquecia de vida  doces manhãs.
O sabor salgado do teu suor
Temperava cada entardecer.
O aroma de tua fragrância
Perfumava o ar da existência.
E tudo era singular
Com tua inesquecível presença.
Tu eras a sentença 
Em minha mais plena liberdade...
O tempo se vai,
Na paisagem sem cor
Finda-se mais um dia...


Socorro Carvalho

Um comentário:

  1. Anônimo5:01 PM

    Uau!!! Quantos poemas abrasadores, ardentes, húmidos..... srsrs
    Adoro!!! Adoro teus versos, amiga Help!
    Rô Almada

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...