sábado, outubro 10, 2015

SILÊNCIO...

Entre quimeras
Agasalho esse querer...
Há lacuna, delírio
No vazio, sem preencher.

As palavras  calam
Sussurros suprimidos.
Devaneios escondidos paginam o viver.
O olhar indefinido
Conduz conduz pensamentos irriquietos.
O peito sente o pulsar da solidão
Sutil emoção
Louca emoção...
O tempo é frio
O quarto é inverno, em pleno verão.

Os passos são indiferentes.
A distância caleja,
Uma saudade gritante,
No silêncio morno  da poesia...


Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...