A VIDA SOB A PERSPECTIVA DE UMA BOLA DE GUDE


O jovem Caleb, de 16 anos, teve uma ideia brilhante. Ele consegue colocar, em bolas de gude, minúsuculas e lindas paisagens. Com uma câmera fotográfica Canon XS DSLR, uma lente de 50mm e um tubo de extensão de 13mm, ele nos mostra que bolinhas de gude podem ser ainda mais interessantes do que imaginamos. Com o método que ele criou, Caleb faz das bolinhas de gude mini-caleidoscópios onde o que se observa são belas imagens refratadas pelas pequenas bolas translúcidas. Por conta disso, ele batizou sua série com o nome de Life Through a Marble (“a vida através de uma bola de gude”).

O jovem explica como se dá todo o processo de criação de seu trabalho artístico. “Equipado com o tubo de extensão, consigo me aproximar da bola de gude e focar apenas no que está dentro dela. Com o foco tão próximo, consigo um cenário bem definido na bola, enquanto o plano de fundo se torna uma mistura de cores borradas”, explica. “Depois de tirar a foto original, faço edições simples no Photoshop, como girar a imagem 180º (porque a imagem refratada pela bola é invertida) e ajustar cores, contraste, luz etc., até que a imagem me satisfaça”.

Confira o que ele consegue fazer com simples bolinhas de gude:










Do blog: Margaridas de Papel
*A bola de gude é aquela bolinha que chamamos de peteca em nossa região Amazônica.
Aquela do conhecido turite da molecada, de outrora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!