quarta-feira, março 02, 2011

DESLUMBRAMENTO

Fere-me o encantamento do teu vulto
como surpresa dentro de surpresa:
todo o meu ser, tomado de beleza,
escapa à treva que o trazia oculto.

Tudo em mim és tu: ar, sentidos, culto,
teus sonhos meus, a tua em mim tristeza,
e a música vestindo a natureza
ecoa o encantamento do teu vulto.

Na tua alma dorme a minha vida,
na minha trago a tua, adormecida,
mistério que me eleva e que me assombra.

Mas ainda assim, és um vapor fugace –
não chego a te tocar, como sonhasse
a sombra que sonhasse uma outra sombra.
 Jason Carneiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...