segunda-feira, abril 09, 2012

TARDE DE SAUDADE...


A  chuva caindo, a tarde fria

Resquícios de  saudade.
O lençol não aquecia meu corpo.
A  mente brincava com pensamentos soltos.
Tudo estava nublado, o olhar vazio e perdido.
Perguntas e respostas, sem misturavam
Numa procura infinda da tua presença.
Aonde andaria você?
Indagava o coração,
Cheio de lembranças tuas.

A solidão muda..
Delirando, vagando, divagando.
Sem dar nenhuma resposta.
O tempo seguia, frio.
Naquela tarde fria de  domingo,
Apenas eu e a saudade que me consumia.




Socorro Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

Chuva que rega saudade...

O dia amanheceu chovendo. Passou nublado. A tarde chegou com um tímido  sol .  Ao meu redor,  vejo rastros de saudade a penetrar me...