AS MÃOS E AS MÃOS


A polpa secreta
 Das tuas mãos
 Espero-a inteira
 Espero-a inteira
 Como frutos à beira
 Da fome de alguém
 Espero-a inteira
 Nesta fome que vem
 Só das tuas para as minhas mãos

Minhas mãos geladas
 Minhas mãos suadas
 Em rebentos de cada esforço
 Descarnadas mãos
 De que já riu a ferrugem das grades

Minhas mãos abertas para que creias
 Mãos suadas e novamente suadas
 Mãos capazes de enxertar veias

A polpa secreta
 Das tuas mãos
 Espero-a inteira inteira

Orlando da Costa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!