domingo, março 09, 2014

DIGNIDADE DA MULHER

No dia 8 de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Na origem da data estão as lutas enfrentadas pelas mulheres para obter o reconhecimento da sua dignidade e conquistar os seus direitos. Por isso, mais do que dia de festa, o oito de março é dia de mobilização para debater e discutir as discriminações e violências morais, físicas e sexuais ainda sofridas pelas mulheres em diversos países.
Em 2014, o Dia Internacional da Mulher acontece durante a Campanha da Fraternidade, que aborda a temática do tráfico humano. E uma das mais tristes formas de tráfico tem por objetivo recrutar pessoas, principalmente mulheres, para a prostituição. Muitas vezes elas são aliciadas para trabalharem como modelos, garçonetes, babás ou dançarinas em outros países ou em grandes centros urbanos e acabam forçadas pelos traficantes a se prostituírem.

Criada à imagem e semelhança de Deus, a dignidade da mulher foi ressaltada por Jesus Cristo em muitas das suas obras e palavras. Em uma época marcada pelo machismo e discriminação, Ele conversava publicamente com elas: os discípulos “ficaram admiradas ao ver Jesus conversando com uma mulher” (Jo 4,27). As mulheres atingidas pela doença ou por sofrimentos físicos encontraram Nele alguém que lhes ajudava a recuperarem a saúde e a dignidade, como foi o caso da mulher encurvada e incapaz de olhar para cima (Lc 13,11) e da mulher que sofria de hemorragias (Mc, 5,25-34). As mulheres apontadas pela sociedade como pecadoras encontraram em Jesus alguém que as acolhia e perdoava: “Os teus pecados foram perdoados! A tua fé te salvou” (Lc 7,36-49). Aos que se sentiam no direito de condenar uma mulher que cometera adultério, Jesus desafiou: “Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra” (Jo 8,7).

Conforme o Texto Base da Campanha da Fraternidade (n. 144), “o Evangelho retrata que Jesus, em suas obras e palavras, é contra tudo quanto ofende a dignidade da mulher, e exprime sempre o respeito e a honra devida à mulher. Em nossa sociedade de consumo e espetáculo, mulheres são submetidas a novas formas de exploração e até à escravidão”. Por isso, “o enfrentamento ao tráfico humano, sobretudo de mulheres e crianças, que são as vítimas em potencial deste negócio ilícito, é hoje um dos urgentes apelos para a sociedade, e com especial convocação para a Igreja, cuja missão de cuidar, proteger, defender e promover a vida ameaçada é um imperativo antropológico e cristão” (n. 255).

Saúdo, com muito carinho, a todas as mulheres das nossas comunidades e as cumprimento pelo seu espírito de luta e pelo trabalho desenvolvido em prol da vida das pessoas. Aproveitemos o Dia Internacional da Mulher e a Campanha da Fraternidade para fortalecer ações de combate ao tráfico humano, principalmente ao tráfico que leva mulheres a serem exploradas no trabalho e através da prostituição e pornografia. Deus vos abençoe!

Dom Canísio Klaus

Bispo de Santa Cruz do Sul (RS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita, com breve retorno!! Seu comentário vem somar mais versos em minhas inspirações... grande abraço. Se quiser pode escrever diretamente para o meu email: socorrosantarem@gmail.com

Postagens em destaque

DANIELLE LIMA!! PARA VOCÊ, UMA CARTA DO MEU CORAÇÃO... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Querida filha, Danielle Katrine Hoje, pensei em te fazer um poema!! Rimar versos para te falar do meu amor... Mas como poetizar,...