A POESIA NA LINDA CURIOSIDADE E O ENCANTO DAS CRIANÇAS...

Dia desses recebemos, na Rádio Rural, a visita de uma família... 

Uma mulher e um casal de crianças de uma comunidade da BR-163 que, no momento, não lembro o nome. Só lembro mesmo da alegria do garoto Jesiel ao entrar na sala do Projeto Rádio pela Educação. 




 Logo na entrada ao se deparar com uma das cadeiras da sala, sentou, rodou de um lado para o outro e o encantamento foi extremo.


Ao perceber que ao podia  sentar na cadeira que rodava  Jesiel com sua curiosidade parecia encontrar naquele espaço um ótimo lugar para exercitar seu mundo das descobertas.


Jesiel sentou, rodou, depois, não contente e se abaixou sob a cadeira para verificar a engrenagem de funcionamento que a fazia rodar. Movimento aquele que para ele era algo diferente para seu mundo.
O sorriso nos lábios demonstrava o quanto ele estava  contente ao estar diante da novidade. Jesiell levantou e com as mãos rodou a cadeira e em cada giro do assento se encantava ainda mais. As cores da sala pareciam contagiar de alegria os olhos do pequeno, que olhava tudo atento e  com um encanto sem igual.



A mãe dele explicou que voltavam de uma consulta a um médico dentista e na sala do médico, Jesiel tinha visto uma cadeira parecida com as cadeiras que encontrou em nossa sala. Apesar da grande curiosidade ele se conteve, e segundo a mãe, só ficou na observação.


Já na sala do Rádio pela Educação se sentiu a vontade para observar, testar a cadeira e contagiar ainda mais nosso espaço com aquele sorriso lindo de menino inteligente e sua curiosidade saudável em tentar descobrir algo que para nós adultos é tão simples.


Além da cadeira, de repente, Jesiel se deparou com outro instrumento de sua curiosidade, encontrou o computador e sem se conter, ou pedir licença  sentou na cadeira e no teclado começou a digitar como se quisesse escrever sobre aquele momento. Era contagiante ver tamanho encantamento. Os sorrisos, a alegria, os olhos brilhando e a agilidade nos dedos dava a Jesiel um sabor de liberdade, de vida, de novas experiências. E o pequeno menino de tão contente nem queria mais sair da sala para conhecer o resto da emissora; estava feliz em nosso espaço. Jesiel  demonstrava estar em seu mundo, em seu lugar, em pleno uso de sua livre imaginação da infância. Usufruindo do Direito e  liberdade de  SER CRIANÇA.


Foram poucos momentos que ele permaneceu na sala do Projeto, junto com a mãe e  a irmã, mas o suficiente para deixar um pouco de sua alegria, energia positiva e inspiração de vida infantil com o mais puro sentimento de liberdade. E dessa forma ter se tornado especial, inesquecível.  Quem sabe um dia Jesiel retorne para nos visitar. Com certeza será uma satisfação revê-lo, revê-los.


De parabéns está aquela simples e jovem senhora, que é moradora do campo, mas em sua simplicidade sabe educar com amor o seu filho. O que era percebível  nos olhos reluzentes daquela mãe, também, encantada por estar conhecendo os bastidores da comunicação que ela escuta todos os dias através do rádio. O mais legal de tudo e com amor   permiti que Jesiel  sinta-se seguro em suas buscas e descobertas. Essa segurança só ocorre porque ele se sente amado e respeitado no Direito que tem de Brincar e exercer sua liberdade de SER CRIANÇA.


Socorro Carvalho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Frases picantes que homens gostam de ouvir na hora do sexo

UMA CARTA PARA MEU FILHO AMADO..

ENFIM... MEUS 18 ANOS DE IDADE!!!